quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Hoje pode ser tarde demais!


Uma certa vez ouvi uma história sobre um mineiro que trabalhava numa mina de carvão. Aquele homem saía todos os dias para trabalhar bem cedo. E na volta para a casa, passava em um bar para beber com os amigos. Ao chegar em casa, batia em sua mulher e em seus dois filhos. Era assim todos os dias. 

Porém no caminho para a casa, este homem passava em frente a uma Igreja evangélica. Parava ali por causa das canções. E então ouvia o pastor dizer: "Aceite Jesus hoje, porque amanhã pode ser muito tarde." Todos os dias na volta pra casa, passava no bar, bebia bastante, e então parava em frente aquela Igreja e ouvia o pastor dizer sempre a mesma coisa: "Aceite Jesus hoje, porque amanhã pode ser muito tarde." 

Uma noite, ao passar em frente a Igreja, decidiu entrar. O diácono o convidou para assentar, e ele recusou, pois estava todo sujo. Naquela noite mais uma vez o pastor disse: "Aceite Jesus hoje porque amanhã pode ser muito tarde." Estas palavras penetraram o coração daquele moço e antes mesmo do pastor terminar de falar, aquele homem já estava em frente ao altar dizendo que queria que Jesus entrasse em seu coração, e que queria nascer de novo. O pastor orou por ele, e após a oração ele disse: "Pastor não estou sentindo nada, quero nascer de novo. Ore por mim mais uma vez." E o pastor repetiu a oração por mais três vezes. Na quarta vez, aquele homem começou a chorar, segurou nas mãos do pastor e disse: "Pode parar de orar pastor, estou sentindo a presença de Jesus dentro de mim. Sinto que ele tirou todo o peso do pecado da minha vida. Eu, enfim, nasci de novo." 

Depois de conversar com o pastor um pouco, após o culto, sendo já tarde da noite, voltou para a casa. Sua esposa estava preocupada e atemorizada, pois quando chegava tarde, ele  a agredia muito e batia em seus filhos. 

Naquela noite, ao chegar, chamou sua esposa, seus dois filhos, e foi logo abraçando-os e pedindo perdão pelo mau pai e mau esposo que havia sido. E olhando nos olhos da mulher e dos filhos, disse: "Encontrei um tesouro tão grande, e quero repartir com vocês. Ele é Jesus. Se preparem porque amanhã vamos todos para a Igreja." Aquela noite foi de intensa alegria na casa do mineiro.

No dia seguinte, antes de ir trabalhar, deu um beijo na esposa e nos filhos e saiu para o serviço. Chegando lá, havia necessidade de colocar uns explosivos dentro de uma caverna que estavam explorando. E lá foi ele. Um explosivo aqui, outro lá, outro bem fundo na caverna. E de repente, a catástrofe aconteceu. Houve um desabamento, ferindo uns, machucando outros, e ainda levando outros a óbito. Depois de tirar alguns escombros, um dos empregados consegue chegar até o mineiro, que estava caído e com uma grande pedra sobre o seu peito. E no meio de tanto sacrifício para se aproximar dele, ao chegar, colocou o seu ouvido próximo de sua boca e o ouviu balbuciar dizendo: "O pastor estava certo, hoje seria tarde demais." E após dizer isto, morreu. 

Esta história nos ensina que devemos buscar as coisas do Senhor em primeiro lugar. Nos convertermos a cada dia ao Senhor Jesus Cristo. Devemos viver o hoje como se fosse o ultimo dia de nossas vidas. Lembre-se o que o Senhor Jesus disse: "Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas." (Mt 6:33)

Leia mais...

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

O Senhor é o meu pastor

Uma certa vez, ouvi uma história de um pastor amigo a respeito do Salmos 23. Conta-se que, em uma certa cidade do interior ouve uma festa em comemoração ao aniversário da cidade. Todos foram convidados, desde a pessoa mais simples e iletrada a todos os políticos, professores, entre outras pessoas de peso. A festa aconteceu em um lugar amplo, contando com todos os tipos de música e entretenimento. Na programação também constava a apresentação de duas pessoas: uma era o pastor mais jovem da cidade outra era o pastor mais vivido.

No meio da festividade, antes do senhor prefeito tomar a palavra, foi dada a oportunidade para que os pastores falassem alguma coisa. Havia sido pedido que eles recitassem o Salmo 23. 

O primeiro a falar foi o pastor mais jovem. Cheio de orgulho e arrogância começou a citar de forma eloquente, com palavras difíceis, o dito Salmo. Dizia ele: "O Senhor é meu pastor e nada me faltará." Em questão de minutos terminou a sua apresentação. Todos bateram palmas, e frases como "muito bem" e "bonita apresentação" foram ouvidas. 

Neste momento chegou a vez do velho pastor. Muito humilde e simples, tanto no jeito de vestir quanto no jeito de falar, foi caminhando lentamente ao palco. Pegou o microfone, cumprimentou a todos, e desculpou-se pelo seu jeito de falar, que era "simples de mais". Respirou fundo, e começou a dizer: 

"O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. 
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. 
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. 
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. 
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias."

Quando aquele velho e cansado pastor terminou de falar, um silêncio tomou conta do lugar. Ninguém nem sequer ousava respirar. De repente, soluções, choros, começavam a ser ouvido em todos os lugares. Imediatamente o prefeito subiu ao palco e perguntou com os olhos cheios de lágrimas, o que era aquilo que ele sentia, e por que aquela multidão chorava sem parar. O pastor disse: "Isto é o Espírito Santo tocando em vocês". E Se alguém quiser receber o Senhor Jesus como Senhor da sua vida, basta vir aqui na frente, que vou orar por vocês. Ele é o Senhor deste Salmo e quer ser o Senhor de vocês também. Nem bem o pastor havia acabado de falar, todos estavam perto do palco entregando sua vida a Jesus. Aquela comemoração terminou com um culto de louvor ao Senhor. 

Nesta história, entendemos que, o que funciona é a experiência real com o Senhor. Só podemos falar daquilo que realmente experimentamos em nossa vida. Que hoje você possa ter uma experiencia real com Jesus e que Ele seja o verdadeiro pastor da sua vida. 

Leia mais...

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Religião não resolve nada


Isto é algo que precisa entrar na cabeça e no coração das pessoas. A partir do momento que as pessoas perceberem que religião não é a solução para os problemas do homem, 99% dos problemas do mundo estará resolvido.

Mas daí surge um pergunta: o que quero dizer com isto? Se a religião não resolve, quem é que vai dar as respostas aos problemas do mundo? Políticos? Cientistas? Quem?

Só existe uma saída para os problemas do homem: JESUS DE NAZARÉ! Ele disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida.” (Jo. 14:6). Mas o problema é que as pessoas misturam Jesus com religião. Ele não veio trazer religião ao mundo. Mas sim transformação de vida. E só quem pode falar de Jesus, são aqueles que experimentaram Jesus! O mundo está cheio de religião, com Igrejas, mas o mundo ainda quer receber de Jesus este algo mais.

O site de noticias Gospel Prime trouxe uma reportagem sobre um estudo feito, nos Estados Unidos, entre presos de algumas penitenciárias, que recebem apoio de grupos religiosos, que levam a eles Bíblias e orações. Este estudo diz que os presos usam a Bíblia e o que aprenderam para se amparar numa doutrina religiosa, para que possam justificar seus crimes. O fato é que quem quer que esteja levando a eles os ensinamentos, estão levando algo sem vida. Puramente religioso. E religião não salva ninguém.

É preciso que a Igreja desperte em buscar ao Senhor em espírito e em verdade. Queremos ver o mundo tocado por Deus. Precisamos romper o véu da religião e chegar até o trono da graça. 


Leia mais...

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Alcançando o Sobrenatural de Deus

Temos ouvido muitas pregações e estudos da Palavra, onde nos é ensinado a buscar o Sobrenatural de Deus. E quando falo do Sobrenatural de Deus, estou falando das manifestações visíveis do poder de Deus. Hoje temos visto curas milagrosas, libertações, línguas estranhas, e um derramar da unção tal que não aguentamos ficar em pé. Mas Deus tem mais para nos dar. Ele quer nos levar a níveis tão altos que vamos nos surpreender com o que Ele vai fazer.

Moisés foi um homem que provou o poder sobrenatural de Deus de forma surpreendente. No livro de Êxodo 34:4, 28 e 29 está escrito: "Então, ele lavrou duas tabuas de pedra, como as primeiras; e levantou-se Moisés pela manhã de madrugada e subiu ao Monte Sinai, como o Senhor lhe tinha ordenado; e tomou as duas tabuas de pedra na sua mão...e esteve Moisés ali com o Senhor 40 dias e 40 noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras do conserto, os dez mandamentos. E aconteceu que, descendo Moisés do Monte Sinai... Não sabia que a pele do seu rosto resplandecia depois que o Senhor falara com ele." Ele subiu o Monte Sinai e lá recebeu os mandamentos e agora volta. E há um sinal surpreendente, uma manifestação gloriosa do poder de Deus derramado em sua vida enquanto estava lá: seu rosto estava resplandecente. A glória de Deus estava no rosto de Moisés. Ele sempre alcançou níveis profundos do poder de Deus.

Sinais Sobrenaturais são resultados de experiencias com Deus. Ou seja para termos os sinais de Deus visíveis em nossas vidas, precisamos ter experiencias profundas com o Senhor. Mas ai surge uma pergunta: Como ter experiencias profundas com o Senhor a ponto de vermos a pele do nosso rosto brilhar? Creio que são necessários alguns passos para isto acontecer.

O primeiro passo é ouvir o que Deus tem para falar.
O Senhor disse a Moisés que ele deveria subir ao Monte Sinais com duas novas tábuas já lavradas para receber a Lei. No dia seguinte, Moisés levantou-se de madrugada e subiu ao Monte, isto é receber o que Deus falou. Queremos sinais e poder vindos de Deus, mas não temos tempo de ouvi-lo falar. Como teremos poder, se nem conseguimos ouvir o que Ele tem a nos dizer?

O segundo passo é ter disposição em obedecer a Deus.
Isto é muito importante! Porque o Senhor disse a Moisés que subisse ao Monte Sinai. Êxodo 34:4 diz que ele de madrugada subiu ao Monte. Moisés sempre esteve disposto a obedecer ao Senhor. Para vermos o Sobrenatural de Deus precisamos obedece-lo. A Bíblia diz: "Obedecer é melhor que sacrificar." (I Samuel 15:22)

O terceiro e ultimo passo é pagar o preço da consagração.
Consagrar quer dizer separar-se para Deus. Pode ser por horas, dias, meses, anos, e até mesmo por toda a vida. Moisés estava pagando o preço de se separar para o Senhor. Jejuou por 40 dias e 40 noites. Êxodo 34:28 diz: "Não comeu pão, e nem bebeu água." O que Moisés fez? Pagou o preço que precisava ser pago. O que vou dizer agora pode chocar a muitos, mas creio ser uma realidade que estamos vivendo. Queremos ver os sinais e a ação Sobrenatural de Deus, mas não queremos pagar o preço da consagração. Pensamos: "Que o pastor jejue por mim, ou que o fulano ou a fulana jejue por mim." Vivemos numa Igreja que não ora e não jejua mais, e mesmo assim quer ver a ação de Deus. 

Entenda, sinais Sobrenaturais são resultados de experiencias com Deus. E estas experiencias começam a acontecer quando:

- Ouvimos Deus falar;
- Obedecemos a Sua Palavra;
- Quando pagamos o preço da consagração;

Que esta semana você busque as grandes coisas que o Senhor tem pra sua vida! 



Leia mais...

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Acorrentados

Esta semana, assisti uma reportagem sobre um rapaz viciado em drogas, que pediu a sua mãe que o mantivesse preso com correntes a fim de que não saísse de casa para comprar drogas. Enquanto assistia ao noticiário lembrei-me do jovem que também vivia acorrentado nos cemitérios porque era possuído por uma legião de espíritos maus. Ele tinha correntes nas mãos e nos pés, embora isso não o segurasse. O evangelho de Marcos narra essa história dizendo que ele sempre andava de dia e de noite gritando e se machucando com pedras. Nestes dois casos, um contemporâneo e o outro bíblico, haviam correntes que os prendiam. 

A corrente de um representa a amarração e os grilhões das drogas, a do outro, representava os demônios que o faziam viver de forma monstruosa pelos sepulcros. Hoje em dia temos muitas formas de correntes: doenças, intrigas familiares, desemprego, dívidas, hipocrisia, religiosidade, orgulho e tantas outras coisas que prendem o homem e não o deixa crescer e ser feliz. 

O garoto da reportagem conseguiu ser internado em uma clínica de desintoxicação.  Porém esta, de acordo com a reportagem, não garantiu sucesso no tratamento. Já o jovem bíblico teve sua história mudada de forma diferente. Um dia enquanto estava se cortando com pedras e se ferindo, avistou Jesus e correu até Ele. Quando se aproximou do Mestre, os demônios se manifestaram e perguntaram a Jesus: "Que tenho eu contigo?" E o Senhor questionou os espíritos sobre o seu nome. E eles disseram: "Legião, porque somos muitos." Jesus então ordenou que deixassem o rapaz e eles obedeceram, deixando-o em paz. 

A bíblia termina esta história assim: "E foram ter com Jesus, e virão o endemoniado, o que tivera a Legião, assentado, vestido e em perfeito juízo." (Mc 5:15)

Nossas correntes, aquelas que nos prendem de alguma forma, só serão quebradas quando nos rendermos ao senhorio de Cristo completamente. Diz as escrituras: "Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres." (Jo 8:36) Pensamos as vezes que libertação é somente nos casos de possessões espirituais, mas devo dizer a você que não. Todos nós temos nossas correntes que nos impedem de vencer. Precisamos reconhecer que nós, em nós mesmos, não podemos fazer nada. Só Jesus pode quebrar as correntes de nossas vidas e nos fazer crescer.

Leia mais...

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Ocupado demais!

Vivemos em uma sociedade ocupada demais. Logo cedo precisamos frequentar a escola, depois começamos a faculdade, e imediatamente começamos a trabalhar. Nossa jornada de trabalho varia de 7 a 9 horas diárias. Trabalhamos de segunda à sábado, aos domingos, de manhã, tarde e noite. Meu Deus, estamos ocupados demais! Tão ocupados que esquecemos de ouvir o que Jesus tem para nós. Começa assim: não separamos tempo mais para ir a igreja, depois pensamos "cultuo pela tv", mas estamos tão cansados que nem isso conseguimos fazer. No final das contas, acabamos esfriando. Congelados na fé e ocupados para Deus. Nos ocupamos com a família, com o trabalho, as dívidas, a escola, os afazeres, com tudo. 

Uma vez o Senhor Jesus entrou em uma aldeia e foi até a casa de Marta e Maria. Ali naquele lar, o Mestre começou a ensinar, porém somente Maria o ouvia. A biblia diz que Marta andava "distraída" em muitos serviços e ainda pediu que o Senhor mandasse sua irmã ajudar. Mas Jesus lhe disse: "Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não será tirada." (Lc 10:41,42) 

Não deixe que a ocupação te distraia do Senhor, se assente aos Seus pés para ouvi-lo. Lembre-se: "Lampada para os meus pés é a Tua Palavra, e luz, para os meus caminhos." (Sl 119:105)

Leia mais...

Eutanásia


Agora a bola da vez está sendo um caso de assassinato, que estão chamando de Eutanásia (que é suicídio assistido) realizada por uma médica em Curitiba. Ela é chefe da UTI em um hospital evangélico, e que estava interrompendo tratamentos, levando os pacientes a morte. Muitos jornais chamaram este ato de eutanásia. Bem, sendo ou não um caso assim, isto nos leva a pensar mais uma vez sobre este tema. Será que temos o poder de tirar a vida de alguém, mesmo que este alguém esteja em um leito de morte; ou ate mesmo peça para morrer? Complicado, não é? Terrível seria a palavra certa.



Em 2005 o mundo assistiu de forma assombrosa a morte de Terri Schiavo, que teve os tubos de alimentação de seu corpo retirados, até que ela viesse a falecer. Novamente a pergunta: Temos  o poder de interromper vidas? Quem pensamos que somos ao praticar tais atos? Nossas respostas a estas perguntas está na Palavra de Deus que diz: O Senhor é o que tira a vida e a dá...” (I Samuel 2:6). Só o Senhor Deus é quem tem o poder de dar a vida e tirá-la. 

À estes, que praticam tais atos, são passiveis da misericórdia de Deus. Precisam da salvação de Jesus, assim como esta medica em Curitiba. A igreja de Jesus precisa se posicionar sobre estes assuntos tão importantes, mas também devem interceder sempre por aqueles que estão cegamente levantando esta bandeira de morte. A vida vem de Deus, e só Ele é quem deve tirá-la. 

Saiba mais sobre este caso: 
Leia mais...

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

É o fim do mundo?

Há alguns dias atrás, foi noticiado em todo o mundo sobre o meteoro que caiu na Rússia. Este meteoro causou uma explosão de cerca de 17 metros de diâmetro que provocou uma onda de choque que feriu quase 1,2 mil pessoas em Chelyabinsk cerca de 1,5 mil km a leste de Moscou, causando um prejuízo de 33 milhões de dólares.

Mais uma vez muitas perguntas foram feitas, tais como onde está escrito sobre isto nas Escrituras, ou será realmente que Jesus falou sobre quedas de meteoros? Bem, sabemos que o Senhor deixou vários sinais em Sua Palavra. E podemos ler sobre isto no evangelho de Mateus 24. Lá está escrito que muitas coisas aconteceriam antes de chegar o fim. Que com certeza viria. Jesus disse: “... então virá o fim” (Mateus 24: 14). Vejam só, o fim é eminente. Mas de todos os sinais que o Mestre nos deixou, pois o dia e hora ninguém sabe, só o Pai, o que mais me chama a atenção é este: “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará.” (Mateus 24: 12). Deixe-me explicar o que está em meu coração: devemos olhar sim para todos os sinais, como terremotos, pestes, entre outros, mas o sinal que acho ser muito importante é o amor de muitos  esfriar. E é exatamente assim que enxergamos, principalmente a igreja de Jesus. Vemos tudo dentro dela: curas, libertações, profecias, e movimentos, línguas estranhas, grandes louvores, e belas pregações. Mas não vemos o amor. Ficamos pensativos quando vemos coisas acontecerem em nossa volta. E pensamos: é o fim? Sabe, estamos caminhando para este fim desde sempre. E precisamos ficar atentos em tudo. Mas tem uma coisa que não podemos deixar esfriar: o amor. Por quê? Porque o mundo está carente de amor. Do verdadeiro amor visto em Jesus.

Preciso perguntar: onde está o amor na vida das pessoas? O apóstolo Paulo escreveu um poema tão importante sobre o amor, e quero compartilhar com você agora:

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” (I Corintios 13)

Não deixe o amor esfriar em seu coração. O mundo está precisando sentir isto: amor. Assim diz a canção:
Ame Ao Senhor (Vencedores por Cristo)
Ame ao Senhor com todo teu coração
Com toda força e razão,
Com todo teu desejar. 
Ame ao teu próximo como se fosse você
Como se a dor que Ele sente,
Fosse a que sente você. 
Ame ao teu próximo como se fosse você
Como se a dor que Ele sente
Doesse mais em você.
 

Leia mais...

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A renúncia do Papa

O mundo ficou chocado quando no dia 11 de fevereiro deste ano, o papa Bento XVI deu a noticia que iria renunciar ao seu cargo. Após sua palavra de renuncia sites e noticiários de todo o mundo começaram a perguntar o porque desta atitude tão inusitada. Afinal, esta situação aconteceu da ultima vez em 1414 com o então papa Gregório XIII. Muitas são as perguntas sobre este ato de Bento XVI mas poucas são as respostas. Dizem que por causa de sua idade, 85 anos, se sente muito cansado, pois afinal de contas está em idade avançada. Outro motivo seria por causa da politicagem dentro do Vaticano, o que também o deixou muito estressado e cansado. Como disse anteriormente as perguntas são muitas, mas as respostas são poucas. O fato é que no dia 28 de fevereiro, às 20 horas, o líder da Igreja Católica Romana vai deixar sua posição e entregar a outro. E aí surgem mais perguntas: quem será que tomará seu cargo? Como ele será? De que país? Se tem representante até mesmo aqui do Brasil. O fato é que, por incrível que pareça, isto causou um certo tipo de medo entre as pessoas. Digo, de todas as pessoas, tanto as que são católicas quanto as que são evangélicas. Por que? Porque é claro, estão pensando no fim dos tempos. 

Apocalipse está sendo o livro preferido de muitas pessoas agora. Principalmente o capítulo que diz sobre a besta e seus chifres. Uma coisa é fato: Jesus está voltando sim. E isto ninguém pode negar! Os sinais que Jesus mesmo predisse estão mais que cumpridos. Fome, pestes, terremotos, e outros sinais que Ele disse e que estão escritos nos evangelhos como por exemplo em Mateus 24. E no meio disto tudo, surge uma questão mais do que importante, digo que até crucial. Uma pergunta que ninguém esta fazendo: se estamos caminhando para a volta de Jesus – o que é um fato – como estamos diante deste acontecimento? Quero dizer, como Jesus nos encontrará quando a trombeta soar? Porque diante de tantos acontecimentos, como quedas de meteoros, lugares com tormentas naturais, doenças e problemas políticos, ainda assim nos esquecemos de que a trombeta soará de forma possante. 

Jesus disse que isto seria em um abrir e fechar de olhos. Pare um pouquinho e pisque seus olhos agora. O arrebatamento será assim. Hoje a igreja está cheia de situações complicadas. Vemos a falta do amor. A fé de muitos esfriando. A esperança já não existe mais. Queremos muito a doutrina do ter e não mais a do ser. Nos rotulamos como pertencentes a igreja tal ,mas não como cristãos. Por  quê? Uma pergunta que precisa ser respondida por cada um de nós intimamente. Não quero ser chato aqui, pois este não é meu intuito. Mas preciso fazer uma pergunta muito séria e importante: estamos preparados? Quer dizer, como estamos como igreja, ou como indivíduos para este momento tão importante da história do homem? 

A palavra preparar quer dizer ”aprontar-se antecipadamente”. Isto é, fazer os preparativos de nossa vida antes que o arrebatamento aconteça. E quando penso nesta palavra me vem ao coração o texto de Amós 4: 12 que diz: “Portanto, assim te farei, ó Israel! E, porque isso te farei, prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.” Estar preparado quer dizer estar pronto para aquele dia. 

Quero convidar você a fazer uma profunda reflexão sobre sua vida e ver se está pronto para aquele dia. E se não estiver, ainda há tempo para isto! 

Leia mais...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Palavras que abençoam

"Este menino é Danado!" Esta frase e muitas outras são exemplo do que ouvimos de pais e professores dizerem para seus filhos, alunos e familiares. Uma vez eu disse à uma mãe que ela não deveria chamar seu filho assim. E ela não gostou nenhum pouco, e ainda me disse que seu filho era isto mesmo. Santa ignorância! 

A palavra "danado" tem um significado muito forte. Quer dizer: amaldiçoado, condenado. Está lá no dicionário da lingua portuguesa. Ou seja, tem um monte de gente que amaldiçoa um monte de gente chamando-os de malditos e condenados. E não é pra ser assim. Devemos abençoar e não amaldiçoar. O Apostolo Tiago escreveu: "De uma mesma boca procede benção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim." (Tiago 3:10) Nossa boca foi feita para ABENÇOAR e não para amaldiçoar, praguejar, etc. Até porque, quem amaldiçoa também é amaldiçoado. Veja só o que o livro de Provérbios diz: "A morte e a vida estão no poder da lingua; e aquele que a ama comerá do seu fruto." (Provérbios 18:21) As vezes não entendemos por que nossos filhos são rebeldes, ou por que estão se drogando, simplesmente porque em algum momento foi dito a eles: "Você não tem jeito!" "Você não presta!" "Você nunca vai dar certo na vida!" Ao ser falado aquilo o mau trabalhará para que o que foi dito aconteça. E o pai e a mãe colherá momentos de dor e desespero. 

Nos Salmos 45:1, o salmista escreve: "A minha língua é a pena de um destro escritor." Ou seja, devemos produzir coisas boas na nossa vida com nossas palavras. Mas muitos produzem coisas más. Precisamos decidir como será cada palavra que sair da nossa boca. Abençoe e não amaldiçoe! Se houver um momento de ira, e você achar que falará algo "pesado", NÃO FALE! Tome a direção de sua boca. Respire fundo, conte até mil se for preciso, e no final, ABENÇOE!

Lembre-se: Nascemos para abençoar!  
Leia mais...

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Em Deus faremos proezas

Proezas, que palavra bonita! Tem um significado muito especial: ação extraordinária, feitos extraordinários. Davi sabia muito bem sobre isto, porque ele havia derrotado um gigante, ao qual ninguém do exército de Israel era corajoso o suficiente para enfrentar. Agora nos Salmos 108:13 Davi disse: "Em Deus faremos proezas." Precisamos entender isto.

Fazer proeza é fazer algo extraordinário, algo grande com coragem e valentia. A raiz hebraica desta palavra da a idéia de perfurar uma fortaleza ou muro colocando força. Fazendo pressão suficiente a ponto de causar uma ruptura na muralha, ou seja, fazer proeza é forçar uma muralha e derrubá-la para entrar na cidade do inimigo e vencer. E quando falamos de muralhas, nos lembramos de Josué. Ele fez uma ação extraordinária. Entrou em Jericó e a tomou. A questão é como fazermos proezas?

Davi mesmo responde: EM DEUS. Ele é quem nos dá a força para realizarmos grandes feitos. Em II Samuel 22:33, Davi faz uma oração dizendo: "Deus é a minha fortaleza e a minha força." Para realizarmos ações extraordinárias precisamos da força do Senhor em nossas vidas. Está a hora de exercermos influencia nos nossos relacionamentos, em nossa família, trabalho, igreja, enfim, está na hora de sermos realizadores de grandes coisas. É hora de fazer proezas! 

Leia mais...

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Temor ao Senhor

Provérbios 1:7 nos ensina: "O temor do Senhor é o principio da sabedoria." Existe algo que está muito distante da Igreja hoje em dia: O temor ao Senhor. Ou seja, reverencia-lo, respeitá-lo, porque Ele é Deus e Senhor. 

Queremos e precisamos ter sabedoria em nossas vidas. E o principio da sabedoria é temer ao Senhor. Quem teme ao Senhor tem promessa confirmada (Sl 119:38) e adquire ciência e sabedoria (Pv 1:7) para desempenhar bem sua vida em todas as áreas possíveis. 

Em Provérbios 22:4 está escrito que, riquezas, honra e vida são resultados de humildade e temor ao Senhor. É hora de consertar o que está torto em nossas vidas e temer ao Senhor de todo o nosso coração. 

Leia mais...

Oportunidades

A bíblia diz que Salomão foi o homem mais sábio que já existiu. Ele escreveu no livro de Eclesiastes 9:11 "A oportunidade e a sorte pertence a todos." Ele está dizendo que as oportunidades não são privilégios de alguns. A mesma porta que se abre para uns, se abre também para outros. Cabe a nós, estarmos ligados para aproveitarmos cada oportunidade que virá a nós. Entenda que, a oportunidade virá sem falta. A preparação e a paciência são dois pontos importantes para recebermos as oportunidades. Salomão disse: "Tudo tem o seu tempo determinado." (Ecl 3:1) Ou seja, na hora certa as coisas vão acontecer! Em Eclesiastes 8:6 está escrito: "Porque para todo propósito há tempo e modo." Quer dizer que há oportunidade e modo de aproveitá-la. Isto com certeza não será de forma desonesta. Mas sim de maneira honesta, como convém a grandes Cristãos. Posso comparar a oportunidade como uma porta aberta que o Senhor coloca a nossa frente. Nossa parte é passarmos por ela. 

O cego de Jericó aproveitou a oportunidade quando ouviu que Jesus passava em sua cidade. E mesmo com criticas ao seu lado, gritou até o Mestre ouvi-lo e realizar a cura. A mulher do fluxo de sangue, quando soube que Jesus passava também em sua cidade, não pensou duas vezes, e nem sequer olhou para a multidão, mas impulsionada pela fé, tocou no Senhor e foi curada. 

Todos os dias, o Senhor nos dá muitas oportunidades. Olhe e veja quantas estãos batendo a sua porta. Sabe de uma coisa? Está na hora de parar de olhar para os outros que estão aproveitando as oportunidades e começar a aproveitar aquilo que Deus tem colocado a sua frente. 

Leia mais...

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Conquistar o Alvo

Já estamos no meio do mês de fevereiro de 2013. Há alguns dias atras, estávamos comemorando a entrada do ano, cheios de expectativas e planos. E isto não é somente de alguns, mais creio que todo mundo ao chegar o novo ano começa a fazer novos planos. Todos temos nossas metas e alvos. Fazemos planos para todas as áreas de nossas vidas. O problema é que muitas vezes no  meio do caminho, abandonamos estas metas. E por consequência não as realizamos. O Apostolo Paulo também tinha suas metas, que ele chamava de "alvos". Na sua carta aos Filipenses, escreve assim: "Mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo." (Fp 3:13 e 14) 

Alvo é meta, marca, chegar ao fim da corrida, conquistar o objeto que se olha e almeja, realizar. Neste texto de Filipenses, Paulo nos ensina como prosseguir para o alvo. Primeiro: "Esquecer das coisas que para trás ficam." Ou seja, colocar o passado no passado. Segundo: "Avançando para as que estão diante de mim." Isto quer dizer: ir em frente, não desistir. É importante não desanimar, mas prosseguir, chegar onde se  quer chegar. 

A palavra alvo nos dá quatro pontos importantes para prosseguirmos e realizarmos nossos objetivos: 

A - Atitude - Seja uma pessoa de ação. Faça o que tem que ser feito. Não coloque suas responsabilidades nos ombros de ninguém. 
L - Liderança - Assuma as rédias da sua vida. 
V - Verdade - Busque todos os dias a verdade que só Cristo pode dar. Quanto tempo você tem passado com Ele durante os seus dias? 
O - Obediência - Obedecer é melhor que sacrificar. Veja o que Deus tem pra você e o obedeça sempre! 

Desta forma você vai conquistar suas metas e sonhos, e o Senhor vai te abençoar! 



Leia mais...

Triunfar em Cristo

Diz a história que os exércitos de Roma quando voltavam de suas conquistas, entravam nas cidades demonstrando de forma efusiva suas vitórias. Músicas eram entoadas e o exército e seu líder levavam os cativos em marcha, sentindo o cheiro das especiarias que queimavam por toda cidade. Todos sabiam que eram exércitos que estavam em batalha, e que agora voltavam triunfantes. 

A Palavra de Deus diz: "E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós, manifesta em todo lugar o cheiro do seu conhecimento." (II Co 2:14) A palavra triunfante neste texto é: "thriambeuo" e que descreve exatamente esta entrada dos exércitos com os soldados e cativos em plena demonstração de triunfo. Por quê? Haviam vencidos! Sofreram, guerrearam e triunfaram.

Para entendermos melhor, vamos olha um outro texto onde esta palavra aparece: "E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo." (Cl 2:15) Consegue ver a idéia? Jesus venceu os inimigos. Tornou-os cativos, e os expôs como perdedores e derrotados. Eles estão vencidos por Cristo. O Senhor fez isso por nós, e agora somos nós que fazemos isso em Cristo. O Pai sempre nos faz triunfar Nele. E através de nossa vitória o mundo sente o cheiro de Cristo. Não podemos perder! Porque Cristo não perdeu. Nele somos triunfantes. Levante a cabeça, siga em frente! Deus sempre nos faz triunfar em Cristo! 

Leia mais...

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Os efeitos da unção

Todas as vezes que o Senhor queria separar, capacitar ou transformar alguém, Ele ungia. No velho testamento Deus realizava três tipos de unção. Ele ungia para o ofício de profeta como Eliseu recebeu, para o ofício de sacerdote como Aarão recebeu, e para o ofício de rei como Davi recebeu. Esta unção separava, capacitava e transformava aquela pessoa que era o alvo da unção. Quando Deus unge alguém é porque Ele quer separa, capacitar e transformar sua vida. 


A bíblia diz em I Samuel 16:13 que o profeta ungiu a Davi no meio dos seus irmãos, e daquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi. Ele foi ungido e separado para ser rei. A unção de Deus separa a vida do Cristão. Deus está derramando nestes últimos dias uma unção tremenda no meio de seu povo, separando, e dando vitória sobre todas as lutas. 

Além de separar, a unção transforma o Cristão. Em I Samuel 10:6 a bíblia diz: "O Espírito do Senhor se apoderará de ti e profetizarás com eles e serás transformado em outro homem." A unção do Senhor vem e transforma a vida do homem. Neste texto, Saul havia acabado de receber a unção e por consequência havia sido transformado pelo poder de Deus. Em Isaías 10:27 a bíblia diz que o jugo será despedaçado pela unção. A palavra hebraica para unção neste texto é shemen que quer dizer originalmente banha e por consequência gordura, óleo, unção e fertilidade. Quando a unção vem, ela transforma e quebra qualquer jugo na vida do homem, e por consequência traz prosperidade, fertilidade, saúde e paz. Que a Igreja do Senhor seja invadida por este óleo, esta gordura do Espírito Santo. 

A unção no velho testamento era realizada com óleo especial. Haviam ingredientes especialmente escolhidos pelo próprio Deus para compor este óleo de unção. Encontramos no livro de Êxodo 30 a receita para compor este óleo. 1) Mirra: representa renovação e embelezamento. Quem recebe esta unção se renova a todo instante. 2) Canela: é uma raiz forte. Representa firmeza. Quem tem esta unção é firme, não se abala nas tempestades da vida. 3) Calamo: é uma erva cicatrizante. Um unguento de cura. A unção quebra o jugo da enfermidade. 4) Cássia: Limpa e purifica. A unção quebra o jugo do pecado. 5) Azeite: representa o Espírito Santo em nossa vida. 

Além de tudo isso, a unção vem capacitar o Cristão. Em Atos 1:8 está escrito: "Mas recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo." Nestes últimos dias a Igreja de Jesus precisa ser cheia da unção que capacita para curar, para pregar, levando o evangelho verdadeiro a todas as nações. Que nós possamos buscar e receber a unção de Deus em nossa vida! 

Leia mais...

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

As chaves para a sua vitória

Pressão, angustia, tormento, stress, perseguição, tribulação, problemas, dificuldades, são palavras que descrevem o que Jesus chamou no evangelho de João 16:33 de AFLIÇÃO. Ele disse: "No mundo tereis aflições." Isto é algo que ninguém quer, mas o Senhor disse e continua a dizer a sua Igreja: "Você vai viver momentos intensos de dificuldades, tribulações e opressões!" A palavra grega no original para aflições descreve o esmagamento de uvas em uma prensa. Jesus estava dizendo exatamente isto: "A luta virá tal qual uma prensa esmaga a uva." Complicado, difícil. O que fazer então? Talvez seja melhor abaixar a cabeça e desistir. Entregar os pontos. Deixar ser levado pelas lutas. Prostrar-se e abandonar tudo. Mas será esta a melhor coisa a fazer? 

Na mesma palavra de João 16:33, o Senhor Jesus depois de falar sobre as aflições nos dá duas chaves que nos farão passar como vitoriosos pelo vale das lutas. A primeira chave é TER ÂNIMO, isto é, não desanimar, não desistir, ir em frente e não se deixar vencer por nada e nem por ninguém. Lutar, porque você nasceu para vencer. A segunda chave é FOCAR NA VITÓRIA DE CRISTO NA CRUZ, Ele disse: "Eu venci o mundo." A Igreja tem olhado para todas as coisas, menos para Jesus. Ele venceu o mundo, e através Dele nós também vencemos. O apostolo Paulo disse: "Mas em todas essas coisas somos mais que vencedores por aquele que nos amou." (Rm 8:37)

Se você está passando por aflições, esmagado na prensa dos seus problemas, preste atenção! Tenha ânimo e foque na vitória de Cristo porque através Dele tanto você como eu, nós, somos mais que vencedores. 

Leia mais...

Não tenha medo

Você já teve alguma reação física (estou falando de dores de cabeça, diarreias) ao enfrentar alguma situação que te deixou com tanto medo, e por consequência tão nervoso e preocupado, que sua vontade era de cavar um buraco bem fundo na terra e se esconder dentro dele? Isto parece engraçado, mas todos nós sabemos que não é! O medo é um inimigo poderoso. Cada um reage de uma maneira diferente. Uns tem dores de cabeça, de barriga, outros suam frio, entre milhares de outras reações. E ai surge uma pergunta: o que devemos fazer com esse medo? 

Davi ao escrever o Salmo 23:4 diz: "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra e da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo." Esta deve ser a nossa atitude: não temer.

No Salmo 3:6, Davi diz: "Não terei medo de dez milhares de pessoas que se levantem contra mim." O medo deve ser lançado fora de nosso coração. No dicionário da lingua portuguesa, a palavra medo é definida como um sentimento de grande inquietação diante de um perigo. Mas eu prefiro a minha definição de medo: "Medo é reconhecer no inimigo o poder e força superior a sua." Ao temer qualquer um, qualquer coisa, ou ainda qualquer situação, você está reconhecendo que aquilo tem força e poder superior a você. E a palavra de Deus diz que devemos temer somente ao Senhor, porque Ele é superior a nós em força e poder. 

No Salmo 3, texto que já sitamos anteriormente, Davi diz que não teme seus inimigos por três razões. E estas devem ser as nossas razões também. A primeira razão é que o Senhor é o nosso escudo. Ou seja, nossa proteção. A segunda razão é que o Senhor é o nosso sustentador. Ele nos sustenta com tudo o que precisamos. E a terceira razão é que Ele é Salvador. Davi termina o Salmo dizendo: "A salvação vem do Senhor." 

Devemos entender  que a parte do Senhor, Ele fará. A nossa parte é confiar, lançar fora de nós o medo e seguir em frente. 
Leia mais...

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Valente do Senhor

Há um texto em Isaías 13:3 onde o Senhor diz: "...já chamei os meus valentes..." texto que sempre me chamou a atenção. Entendo que estamos em constantes lutas, constantes guerras, e para vencermos nossas lutas é preciso que sejamos valentes. Um exemplo de valentia é Davi ao enfrentar o gigante Golias. Em Israel ninguém, inclusive Saul, não era valente o suficiente para enfrentar o gigante. Ninguém, exceto Davi. Antes de Davi enfrentar Golias, Saul estava sendo perturbado por um espirito maligno. Ao pedir que trouxessem alguém que pudesse livrá-lo daquele mal, um de seus servos lhe disse: "Tenho visto um filho de Jessé que sabe tocar e é valente, o Senhor é com ele." (I Samuel 16:18) Davi venceu ao demônio que perturbava a Saul e depois venceu a Golias que perturbava Israel. O Senhor quer que seu povo seja valente.

O valente é corajoso, o valente é guerreiro, o valente é campeão. Seja um valente do Senhor. Encare o seu inimigo de frente. Seja ele um demônio, um urso ou um gigante. Seja corajoso, guerreiro e vença suas lutas, se tornando um campeão do Senhor. 

Leia mais...

sábado, 9 de fevereiro de 2013

O DESERTO

Existem situações que passamos em nossas vidas, que são complicadas, doloridas, e que arrancam de nossos olhos muitas lágrimas. Lágrimas que são extraídas de nossa alma, pois se os olhos são as janelas de nossas almas, podemos entender que nestas situações, nossa alma fica encharcada de dor e tristeza, e até não compreendemos por que estamos vivendo este momento. Estas situações são comparadas por nós como estar no deserto. No dicionário da língua portuguesa, a palavra deserto significa "lugar desabitado, despovoado, solitário e árido", um lugar de ninguém. No latim a palavra é "desertos" e quer dizer "lugar arruinado, abandona e esquecido", é simbolo do vazio e ausência. E você há de concordar comigo, que passamos por situações em que vivemos solitários, áridos, estéreis, abandonados e como consequência, ausentes e vazios. Cada um de nós vivemos o nosso deserto. 

Mas quando olho para as escrituras, como a entender o que é realmente este deserto. O deserto mesmo com todos os seus confrontos, é um lugar onde Deus nos leva para nos esconder. Parece uma contradição, mas não é. Basta ver a visão de apocalipse 12:6 e 14, onde a mulher da profecia fugiu para o deserto, lugar que já tinha sido preparado por Deus para que ela fosse alimentada? Onde? Bem ali no deserto. O Senhor levou a mulher ao deserto e a escondeu ali. Entenda que mesmo com sentimentos de dor e por situações difíceis, o Senhor está te escondendo bem no deserto pela qual você está passando.

O deserto é o lugar de ser preparado pelo Senhor. João Batista esteve nos desertos até o momento certo de mostrar-se a Israel. Deserto é lugar de preparação (Lucas 1:80).

O deserto também é lugar de ouvir Deus falar. Foi no deserto que o Senhor falou com João Batista e deu a ele o que deveria ser dito as pessoas (Lucas 3:2). Pare e ouça o que o Senhor quer falar com você. Você está no deserto para ouvir o Senhor falar! 

E finalmente, o deserto é lugar de experimentar os sinais do Senhor (Atos 7:36). Israel no deserto viu e experimentou a ação sobrenatural do Senhor Deus. 

Alegre seu coração e entenda que o deserto é o lugar que Deus nos leva para que sejamos preparados e escondidos por Ele. E também de ouvi-lo falar e experimentar os seus sinais. 



Leia mais...

Seguidores