quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Eutanásia


Agora a bola da vez está sendo um caso de assassinato, que estão chamando de Eutanásia (que é suicídio assistido) realizada por uma médica em Curitiba. Ela é chefe da UTI em um hospital evangélico, e que estava interrompendo tratamentos, levando os pacientes a morte. Muitos jornais chamaram este ato de eutanásia. Bem, sendo ou não um caso assim, isto nos leva a pensar mais uma vez sobre este tema. Será que temos o poder de tirar a vida de alguém, mesmo que este alguém esteja em um leito de morte; ou ate mesmo peça para morrer? Complicado, não é? Terrível seria a palavra certa.



Em 2005 o mundo assistiu de forma assombrosa a morte de Terri Schiavo, que teve os tubos de alimentação de seu corpo retirados, até que ela viesse a falecer. Novamente a pergunta: Temos  o poder de interromper vidas? Quem pensamos que somos ao praticar tais atos? Nossas respostas a estas perguntas está na Palavra de Deus que diz: O Senhor é o que tira a vida e a dá...” (I Samuel 2:6). Só o Senhor Deus é quem tem o poder de dar a vida e tirá-la. 

À estes, que praticam tais atos, são passiveis da misericórdia de Deus. Precisam da salvação de Jesus, assim como esta medica em Curitiba. A igreja de Jesus precisa se posicionar sobre estes assuntos tão importantes, mas também devem interceder sempre por aqueles que estão cegamente levantando esta bandeira de morte. A vida vem de Deus, e só Ele é quem deve tirá-la. 

Saiba mais sobre este caso: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito Obrigado pela sua visita!
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retornar a visita, e te seguir.
Volte sempre que quiser!
Abraço,

Pr. Jessé Palma.

Seguidores