quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

O Senhor é o meu pastor

Uma certa vez, ouvi uma história de um pastor amigo a respeito do Salmos 23. Conta-se que, em uma certa cidade do interior ouve uma festa em comemoração ao aniversário da cidade. Todos foram convidados, desde a pessoa mais simples e iletrada a todos os políticos, professores, entre outras pessoas de peso. A festa aconteceu em um lugar amplo, contando com todos os tipos de música e entretenimento. Na programação também constava a apresentação de duas pessoas: uma era o pastor mais jovem da cidade outra era o pastor mais vivido.

No meio da festividade, antes do senhor prefeito tomar a palavra, foi dada a oportunidade para que os pastores falassem alguma coisa. Havia sido pedido que eles recitassem o Salmo 23. 

O primeiro a falar foi o pastor mais jovem. Cheio de orgulho e arrogância começou a citar de forma eloquente, com palavras difíceis, o dito Salmo. Dizia ele: "O Senhor é meu pastor e nada me faltará." Em questão de minutos terminou a sua apresentação. Todos bateram palmas, e frases como "muito bem" e "bonita apresentação" foram ouvidas. 

Neste momento chegou a vez do velho pastor. Muito humilde e simples, tanto no jeito de vestir quanto no jeito de falar, foi caminhando lentamente ao palco. Pegou o microfone, cumprimentou a todos, e desculpou-se pelo seu jeito de falar, que era "simples de mais". Respirou fundo, e começou a dizer: 

"O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. 
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. 
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. 
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. 
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias."

Quando aquele velho e cansado pastor terminou de falar, um silêncio tomou conta do lugar. Ninguém nem sequer ousava respirar. De repente, soluções, choros, começavam a ser ouvido em todos os lugares. Imediatamente o prefeito subiu ao palco e perguntou com os olhos cheios de lágrimas, o que era aquilo que ele sentia, e por que aquela multidão chorava sem parar. O pastor disse: "Isto é o Espírito Santo tocando em vocês". E Se alguém quiser receber o Senhor Jesus como Senhor da sua vida, basta vir aqui na frente, que vou orar por vocês. Ele é o Senhor deste Salmo e quer ser o Senhor de vocês também. Nem bem o pastor havia acabado de falar, todos estavam perto do palco entregando sua vida a Jesus. Aquela comemoração terminou com um culto de louvor ao Senhor. 

Nesta história, entendemos que, o que funciona é a experiência real com o Senhor. Só podemos falar daquilo que realmente experimentamos em nossa vida. Que hoje você possa ter uma experiencia real com Jesus e que Ele seja o verdadeiro pastor da sua vida. 

4 comentários:

  1. A Paz do Senhor
    Fiz uma visita no blog do senhor e achei interessante. Estou me tornando seguidor de seu blog e gostaria que o irmão visitasse o meu blog também e torna-se seguidor dele. O meu blog possui estudos bíblicos e notícias religiosas que saem na imprensa. O irmão vai gostar. Deus abençoe.
    Rafael Carlos
    fidelidadeajesus.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou seguindo o seu blog!
      Deus te abençoe!
      Abraço,
      Pr. Jessé.

      Excluir
  2. A Paz!
    Achei muito interessante as materias, e estudos do seu blog, vou seguir seu blog.
    Se poder seguir o meu agradeço, tenho um blog acerca de negocios, desde já agradeço! fique com Deus.

    http://www.viverdecafe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz meu querido!
      Já estou seguindo o seu blog!
      Deus te abençoe!
      Pr. Jessé.

      Excluir

Muito Obrigado pela sua visita!
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa retornar a visita, e te seguir.
Volte sempre que quiser!
Abraço,

Pr. Jessé Palma.

Seguidores